Por que as pessoas não acreditam na Astrologia?
POR QUE A ASTROLOGIA FOI DESMOTIVADA, DESMENTIDA, SABOTADA?!

 

ANALISANDO UM MAPA ASTRAL

Uma das minhas maiores broncas com os que acreditam que não existe nada além do físico e suas “experiências refutando a Astrologia” é que a imensa maioria das experiências feitas até hoje que já caíram nas minhas mãos (e não foram poucas) caem nos seguintes quesitos: 1) Usam apenas o “Signo” das pessoas para avaliar os resultados; ou 2) Pegam uns astrólogos e tentam fazer com que eles “adivinhem” alguma coisa a partir de um mapa e algumas vítimas ou façam “previsões” sobre algum assunto.

Não é de se estranhar que nada dá certo nunca. Ou estes experimentos apenas reforçam o que eu já expliquei em várias colunas: que o que vendem por ai hoje com o nome de “Astrologia” é puro LIXO.

Mas não posso culpar os céticos de verdade, eles assistem muita TV, por isso não sabem muita coisa sobre a realidade. Acreditam que a realidade é aquilo que assistem na televisão.

 

 

A Astrologia Hermética (aquela que Isaac Newton, Galileu Galilei, Kepler, Tycho Brache, John Dee, Max Heindel, Fernando Pessoa, Winston Churchill e Hitler estudavam) não lembra nem de longe o que as pessoas que leêm horóscopo de revista chamam de “astrologia”.

 

Então, afinal de contas, o que é Astrologia? Para começar, falaremos sobre o que se entende por “astrologia” no mundo profano: segundo os horóscopos, os humanos são divididos em 12 castas estereotipadas chamadas “signos”.

 

Todo dia no jornal sai o “horóscopo” que é o que vai acontecer com 1/12 da população do mundo naquele dia e volta e meia algum picareta vai a TV fazer “previsões” que nunca se concretizam… Isso é o que as pessoas(erradamente) pensam que seja Astrologia.

 

 

Bem, agora vamos falar e entender sobre Astrologia de Verdade.

Um Mapa Astral, ou Carta Natal, é uma representação geométrica e simbólica do céu no exato momento do nascimento de qualquer coisa no Planeta. Uma pessoa, um objeto, um contrato, um ritual… Nenhum dos planetas “influencia” nada. Muito menos a “atração gravitacional” ou “energias emanadas” deles, como eu já vi céticos afirmarem.

As posições dos Planetas atuam apenas como mostradores; ponteiros invisíveis de um relógio astral, movimentando-se em sincronicidade com os acontecimentos em cada planeta. Tudo o que está em cima é semelhante ao que está em baixo. E o que realmente conta na confecção de um Mapa Astral é a angulação que eles fazem com o horizonte. Para alguém totalmente materialista(que não acreditam que somos seres espirituais), não parece mesmo fazer sentido.

A explicação para o por quê a astrologia funciona está em um plano que a ciência ortodoxa AINDA não consegue explicar(porque só acreditam na matéria, e nada que seja espiritual)

 

 

Se a astrologia tivesse avançado como as outras ciências, ao invés de ter sido expulsa das universidades pela IGREJA Católica de Roma (e não por ser uma “pseudociência”, como a maioria dos céticos gosta de afirmar), talvez tivéssemos hoje um código para o Mapa de cada pessoa semelhante ao código genético ou ao código Pantone, com letras e números; e computadores buscando similaridades comportamentais,

ao invés de astrólogos se matando para explicar sentimentos com palavras.

 

 

O Mapa Astral, então, é um perfeito mapa vocacional que mostra onde estão suas facilidades e dificuldades, a maneira como você pensa, sente, briga, transa, intui, aprende… Mostra o que te agrada e o que te incomoda; mostra os vícios que você tem e às vezes nem sabe por quê. Mostra suas virtudes e os seus defeitos.

O que o Astrólogo faz é analisar um mapa e tentar achar palavras que se encaixem com cada uma destas combinações em suas diversas matizes. Quando falamos “seu Marte está em Gêmeos”, estamos usando um código que simplifica MUITO, mas MUITO mesmo o que realmente estamos vendo naquele código.

.

( Faça seu Mapa Astrológico, com uma Astróloga e Terapeuta de confiança, na ASTRAL em Movimento. Astróloga Carla Righi (Click)

.

Um Astrólogo está limitado pelo seu próprio vocabulário e pelo seu conhecimento da astrologia e simbolismo; também está limitado pelo seu próprio mapa astral. Um astrólogo cujo próprio mapa tenha muitos planetas em virgem fará uma interpretação de um mapa de outra pessoa bem diferente de um astrólogo com muitos planetas em peixes… Mesmo que os dois tenham entendido as nuances de maneira iguais, certamente se expressarão de maneira diferente, com palavras diferentes. Os céticos (que não acreditam na astrologia porque é ignorante e não analisa nada, só assiste TV e compra revistas) adoram pegar estas diferenças para alegar “que os astrólogos não falam a mesma língua nas mesmas interpretações”.

Dessa forma, o que os Astrólogos fazem é compilar em tabelas palavras, símbolos e descrições que mais se encaixam àquela determinada matiz energética (novamente, usando vocabulário de acordo com seu próprio entendimento). O que eu acho “teimoso” como um adjetivo depreciativo, você pode achar que é um elogio relacionado com “obstinação”, por exemplo! Uma pessoa “curiosa” é um elogio ou é uma pessoa frívola?

E assim caímos nas brechas para as astrologias esquisotéricas… Tentando rotular e simplificar ao máximo, chegam e dizem “todo virginiano é discreto, gosta de organização e limpeza”. Não é necessariamente verdade. Boa parte deles possui estas características, mas isso não define absolutamente nada em alguém…

Para vocês terem uma ideia, um Mapa Astrológico, bem feito, não tem menos do que 15-20 páginas de texto sobre a pessoa.

 

Para quem não é cético( ou seja, cego) e já entendeu que a astrologia é real, é uma ciência e funciona – vou deixar a lista de Livros( para quem quiser ler mais, pra quem quer estudar e entender o assunto)

A pedido, segue uma lista de livros sérios para estudar a Astrologia Hermética e outros assuntos relacionados. Embora 90% dos livros estejam em inglês, separei apenas os livros em português que sejam mais fáceis de encontrar: Comecem por O livro dos Signos e Os astros e sua Personalidade, de Maria Eugenia de Castro, ed. Ground; Astrologia, Psicologia e os Quatro Elementos, de Stephen Arroyo; Astrologia, Karma e Transformação, de Stephen Arroyo; o pessoal que já tem uma base de espiritualismo pode ler Astrologia de Transformação de Dane Rudhyar. Também recomendo a autora inglesa Liz Greene. Sobre outros planos vibracionais, comecem pelos textos do Allan Kardec (são 5 livros, facílimos de achar) e depois passem para A Doutrina Secreta (de H. P. Blavatsky), Dogma e Ritual de Alta Magia e Lições de Cabala, de Eliphas Levi, e finalmente os textos de Louis Claude de Saint Martin, Francis Bacon e Papus.

FICOU CLARO QUE ASTROLOGIA É CIÊNCIA?!

10.000 [R]evoluções por minuto

 

Anúncios